Itabirito terá novo espaço para comercialização do Pastel de Angu

Um vagão gastronômico foi instalado na praça da estação para que a população possa adquirir o produto com facilidade.

Por Redação Agito Mais

Itabirito terá novo espaço para comercialização do Pastel de Angu. Foto ilustrativa.
O Vagão é a nova aquisição da prefeitura de Itabirito. Foto – reprodução Prefeitura Municipal de Itabirito
COMPARTLHE:
WhatsApp

Itabirito Mg = A cidade recebeu nesta terça-feira, dia 13 de junho, um vagão ferroviário adaptado para vagão gastronômico. A entrega, realizada pela mineradora Vale, ocorreu no Complexo Turístico da Estação.

O vagão está restaurado e conta com estrutura de pias, bancadas, higienizadores de mãos, ar condicionado e sistema hidráulico para proporcionar à população maior conforto para adquirir o pastel de angu, além da garantia de higiene e segurança necessárias no manuseio da iguaria itabiritense.

Para o prefeito, Orlando Caldeira:

“Esse vagão é uma conquista para todo o município. Ele se tornará referência para todos que desejam saborear o pastel de angu e será fonte de renda para nossas mantenedoras, importantes guardiãs do modo tradicional de fazer nossa iguaria. Além disso, estamos mantendo nossa história, que se fez também por meio desses trilhos da estrada de ferro”, destacou.

O vagão será uma nova experiência gastronômica para itabiritenses e turistas, uma viagem no tempo, já que o vagão foi montado sobre um trilho que remete à ferrovia pela qual Itabirito se desenvolveu.

“Ao recebermos um projeto tão interessante da Prefeitura, ainda no ano de 2019, achamos que valeria a pena patrocinar e investir na ideia, dando visibilidade à cultura local e promovendo o devido valor ao pastel de angu”, finalizou o diretor de relacionamento com comunidades da Vale para os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo, Luiz Henrique Medeiros.

2 respostas

    1. Boa tarde, tudo bem Meire? Agradecemos pelo contato e pela audiência.

      Primeiro você tem que ser mantenedora do Pastel de Angu, caso for, o segundo passo é ir na Secretaria de Cultura da Prefeitura, e procurar a Rose para se cadastrar e tirar as demais dúvidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *