Motos barulhentas perturbam moradores de Itabirito no feriado de Natal

Por Redação Agito Mais

O site Agito Mais recebeu diversas denúncias de escapamentos adulterados ou sem silenciador no bairro Agostinho Rodrigues.
O site Agito Mais recebeu diversas denúncias de escapamentos adulterados ou sem silenciador no bairro Agostinho Rodrigues. Foto = reprodução 180 Graus.
COMPARTLHE:
WhatsApp

Os moradores de Itabirito, na região Central de Minas Gerais, não tiveram sossego no feriado desta segunda-feira (25 de dezembro de 2023). O Agito Mais foi procurado por várias pessoas que reclamaram do barulho das motos com escapamentos adulterados ou sem silenciador, maior parte das denúncias são do bairro Agostinho Rodrigues. Segundo eles, o ruído é tão alto que impede a comunicação dentro de casa e causa sofrimento aos acamados.

Uma moradora, que não quis se identificar, disse ao Agito Mais que já ligou para a Polícia Militar, mas não obteve solução até o fechamento desta reportagem. Ela afirmou que a corporação informou que já recebeu várias denúncias sobre o caso, mas não esclareceu o que está sendo feito. A reportagem também tentou contato com a Sala de Imprensa da PM, mas não teve retorno.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê que conduzir veículo com o escapamento ou outra característica alterada é infração grave. A multa é de R$ 195,23, mais cinco pontos na carteira, e o veículo fica retido até a regularização. A mesma punição se aplica a quem conduzir veículo com descarga livre ou com o silenciador do motor estragado ou em desuso.

Para medir o nível de ruído, o agente policial precisa usar um aparelho chamado decibelímetro. O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) estabelece os limites de ruídos nas proximidades do escapamento para veículos automotores. Para motos fabricadas até 1998, o limite é de 99 decibéis (db). Para as fabricadas a partir de 1999, o limite varia entre 75 e 80 db, conforme a cilindrada.

Além de ilegal, o barulho das motos prejudica a saúde auditiva das pessoas e do próprio condutor, bem como o meio ambiente, pois aumenta a emissão de fumaça. Também desrespeita o bem-estar comum de todos, tirando a paz e a tranquilidade da sociedade.

Antes de modificar o escapamento da sua moto, pense nas consequências legais e morais que pode enfrentar, além de poder ser preso e responder por crime ambiental, dependendo do caso.

12 respostas

  1. Boa noite, aqui em amarantina no bairro riacho não foi diferente um inferno essa madrugada de 24 prz 25 2 motos que parece ter vindo do inferno pra perturbar a madrugada inteira ligamos 190 mas não tivemos êxito pois nem atenderam as ligações

  2. É a segunda vez que esses motoqueiros sem noção, perturbam o sossego das pessoas aqui em Itabirito.. quem organizou este “evento” deveria ser empático com as pessoas idosas, acamadas, os recém nascidos, os animais e, a nós meros mortais que não concordamos com essa barulheira do inferno!! Nem televisão dava pra assistir, muito menos conversar em casa..

  3. Estou passando um período aqui na cidade de Itabirito por motivo de trabalho,e sinceramente nunca vi em outra cidade uma coisa tão absurda como o que venho vendo.
    Ontem foi um exemplo disso muito barulho por parte das motos,e pessoas pilotando sem capacete.

  4. Aqui no bairro itaubira não foi diferente, um barulho do inferno, muita moto com escapamento adulterado e ninguém faz nada.
    O 🚔🚔 me ajuda aí, cadê a guarda municipal.

  5. É barulho das motos e som alto lá no Bairro:Padre Eustaquio o dia todo ,ridículo isso!
    Acho que a polícia,tem quer dar um jeito com urgência nessa situação,pois já está virando cidade sem lei!!

  6. Aqui no bairro Tupi, Belo Horizonte foi a mesma coisa, parece que vieram do inferno, não tem respeito por ninguém, quando a polícia prende ai aparece os defensores dos coisas ruim.
    Ida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *