Moradores de Água Limpa protestam e fecham BR-040 contra falta de energia recorrente

Moradores marcam nova manifestação pacífica para hoje, domingo (24) as 12h devido a problema recorrente e neste momento parte do bairro já esta sem energia elétrica novamente.

Por Redação Agito Mais

Neste momento, boa parte do bairro já está novamente às escuras, reforçando a urgência da manifestação. Foto do momento da manifestação.
Neste momento, boa parte do bairro já está novamente às escuras, reforçando a urgência da manifestação. Foto = reprodução WhatsApp.
COMPARTLHE:
WhatsApp

No último sábado (23), por volta das 20h30, moradores do bairro Balneário de Água Limpa, parte pertencente a Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, saíram às ruas em uma manifestação pacífica que chamou a atenção de todos. Eles queimaram pneus e objetos, bloqueando parcialmente a BR-040 no início do protesto, permitindo a passagem de pessoas com necessidades especiais, gestantes, idosos e outros. Com o auxílio de funcionários da Via 040, a via foi totalmente fechada em ambos os sentidos para garantir a segurança, causando congestionamentos e lentidão.

O Agito Mais conversou com um morador local para entender a situação. Ele explicou que a manifestação ocorreu devido a problemas frequentes na região, especialmente em “Lagoa Seca”, que faz divisa entre Itabirito, na região central de Minas Gerais, e Nova Lima. Os moradores estão revoltados e chateados com a constante falta de energia elétrica, por parte da CEMIG, o que os motivou a buscar seus direitos por meio da manifestação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) compareceu ao local para garantir a segurança dos manifestantes e dos transeuntes. Houve relatos de que alguém teria jogado pedras na viatura da polícia, o que gerou um tumulto momentâneo. No entanto, a situação foi rapidamente controlada, e a manifestação prosseguiu de forma pacífica e ordeira.

A falta de energia em Água Limpa tem causado desespero entre os moradores. Uma residente lamentou:

“Aqui temos pessoas com necessidade de oxigênio em desespero devido a essa falta de energia intermitente. Crianças com deficiência também estão sendo prejudicadas, pois a falta de luz afeta diretamente suas necessidades. Estamos vivendo como se estivéssemos na Idade das Trevas”.

Os moradores informaram ao Agito que uma nova manifestação está programada para este domingo (24), por volta das 12h. O grupo de moradores está se organizando e pedindo apoio da imprensa e da mídia para divulgar o problema e buscar uma solução para a constante falta de energia elétrica na região.

Neste momento, boa parte do bairro já está novamente às escuras, reforçando a urgência da manifestação.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *