Sábado, 28 de Maio de 2022
22°

Poucas nuvens

Itabirito - MG

Cidades Itabirito

Auxílio para vítimas das enchentes é aprovado e 5 milhões para serra verde passa no mesmo projeto, apesar da emenda da bancada do povo

Jurídico da câmara pediu arquivamento, que teve voto favorável de vereadores de situação

14/02/2022 às 20h21 Atualizada em 15/02/2022 às 22h39
Por: Jornalismo AgitoMais
Compartilhe:
Foto - Divulgação
Foto - Divulgação

Na tarde de ontem (20), foi realizada, na Câmara municipal, a votação para a concessão de auxílio emergencial para as vítimas das enchentes, tanto para a população quanto para os comerciantes. 

O projeto, que foi proposto pelo executivo, concede à população afetada, mediante cadastro e averiguação, o valor de 10 mil reais para reparos. 

Para os comerciantes, o auxílio será de 20 mil reais. 

Apesar do projeto ter agradado a população, um artigo em questão levantou polêmica e não foi bem visto por boa parte dos moradores do município, bem como pela bancada do povo: o subsídio de 5 milhões para a empresa de transportes serra verde. 

No texto, a justificativa é de “reequilíbrio econômico ao serviço de transporte de passageiros nos termos da lei específica”.

Segundo o prefeito Orlando Caldeira, este benefício será concedido para evitar reajuste no valor da passagem. 

Porém, nas redes sociais, um grande número de pessoas se manifestaram contra o subsídio, alegando deficiência no serviço prestado pela empresa, reclamações acerca de horários e veículos e o anseio da população para que exista concorrência, ofertando melhores serviços. 

A bancada do povo também se manifestou contra a inclusão deste artigo, e as razões apresentadas foram de que uma matéria não tem relação com a outra (auxílio x subsídio de transporte), da necessidade em estudar mais sobre a proposta e da urgência em aprovar o subsídio. 

Para tanto, a bancada apresentou uma emenda, para que fosse retirado do projeto de auxílio para as vítimas a concessão de subsídio de 5 milhões de reais para a empresa de transportes. 

Porém, a assessoria jurídica da câmara pediu pelo arquivamento da emenda, alegando vício na redação do documento.  Os vereadores de base, em reunião, votaram favoráveis pelo arquivamento. 

 

Caso os vereadores da bancada do povo apresentassem nova emenda, atrasaria o recebimento do valor para os beneficiados. Para que isso não ocorresse, a bancada votou sim ao projeto de lei, mas nas redes sociais, os vereadores membros se manifestaram contra o subsídio para a serra verde, que ao final, também foi aprovado. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.