Sábado, 28 de Maio de 2022
22°

Poucas nuvens

Itabirito - MG

Cidades Itabirito

Diversos pontos de Itabirito são castigados por alagamentos

Defesa Civil trabalha com elevado número de solicitações

14/02/2022 às 18h24 Atualizada em 14/02/2022 às 19h21
Por: Jornalismo AgitoMais
Compartilhe:
Foto - Hugo Cézar
Foto - Hugo Cézar

Desde a manhã de ontem (8), a população de Itabirito atravessa um pesadelo em consequência das fortes chuvas que castigam o estado há pelo menos uma semana. 

Com a índices de probabilidade de chuvas alcançando 100%, segundo a meteorologia do estado, muitos bairros ficaram alagados e o nível de rios e córregos subiram, ocasionando o transbordamento. 

Ainda na noite de sexta feira, o Padre Rodrigo gravou um áudio, com o barulho do sino ao fundo, solicitando que as pessoas escutassem deslocar de suas residências devido as possibilidades de alagamento. 

No dia 8, o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu o seguinte alerta, classificando a cidade em estágio de ALERTA VERMELHO: 

“INMET publica aviso iniciando em: 08/01/2022 10:01. Chuva superior a 60 mm/h ou acima de 100 mm/dia. Grande risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios, grandes deslizamentos de encostas, em cidades com tais áreas de risco”.

 

Relatos nas redes sociais 

Em um grupo do Facebook, moradores das seguintes localidades publicaram fotos e vídeos relatando a situação: Calçadas, São Geraldo, Santa Rita, Novo Horizonte, Santa Efigênia, Santo Antônio e Usina Esperança. 

Uma pessoa informou que há funcionários de uma padaria ilhados no terceiro andar, aguardando ajuda dos bombeiros ou defesa civil para que sejam retirados do local. 

Outro relato informa pessoas em um telhado de um depósito de gás, aguardando socorro desde a noite de ontem. 

No conjunto Morada Viva, alguns moradores preferiram deixar suas casas pelo risco de deslizamentos. 

Esclarecimentos da administração pública e órgãos 

Nas redes sociais da prefeitura, até a manhã de hoje, não há nenhum comunicado de alerta da administração pública. 

A defesa civil justificou a falta de atendimento com elevada carga de demandas. 

De acordo com a previsão meteorológica, as chuvas permanecem até a próxima quinta feira, com estiagem na sexta-feira, sábado e domingo. 

Porém, na segunda feira, dia 17, pode voltar a chover na região. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.