Quinta, 11 de Agosto de 2022

Poucas nuvens

Itabirito - MG

Política Minas Gerais

Minas Gerais: Cabo Meireles lança pré candidatura a deputado estadual

Conheça um pouco da sua história e sua luta pela valorização da PM-MG

07/07/2022 às 12h03
Por: Raquel Safar Barakat
Compartilhe:
Cabo Meireles lança pré candidatura a deputado estadual e defende a valorização da Polícia Militar (Foto: Arquivo Pessoal)
Cabo Meireles lança pré candidatura a deputado estadual e defende a valorização da Polícia Militar (Foto: Arquivo Pessoal)

Nascido em Belo Horizonte e criado na região Noroeste da capital, Frederico Lucas Meireles Assunção ingressou na Polícia Militar de Minas Gerais aos 18 anos. Além disso, desenvolve com maestria o trabalho de cinotécnico, que é a área especializada em adestramento e educação de cães, o que o tornou muito conhecido em Itabirito e região.

Cabo Meireles também se destacou pela luta pela valorização dos profissionais da PM-MG, e lutou voluntariamente pela melhoria salarial e mudança na política remuneratória. Ele destaca que a polícia militar, que desenvolve uma das principais funções do estado, em proteger e preservar a vida do cidadão e sua segurança, atualmente não recebe nenhum tipo de abono ou auxílios adicionais, e ganhou assim o apoio e incentivo de diversos colegas da corporação em se lançar candidato como deputado estadual.

Cabo Meireles começou sua vida profissional cedo, aos 14 anos, trabalhando em uma oficina mecânica e, posteriormente, ingressou na corporação.

 

Ele falou um pouco sobre a valorização desses profissionais. 

 

“Quando a gente fala em valorizar o policial de rua, de controlar e abonar suas horas, que ele fica à disposição do estado, estamos falando na verdade da verdadeira caçada ao ladrão e a tranquilidade dos cidadãos”. 

 

Além disso, Meireles citou uma das condições de trabalho dos policiais. 

 

“Se um soldado persegue o bandido e bate a viatura, ele vai pagar do bolso dele o conserto da viatura. Vai tirar da família dele e pagar para o estado. O soldado não quer assumir o risco de correr atrás de um ladrão. Quando falo, é de proteger, valorizar, de dar condições para o policial trabalhar”

 

Cabo Meireles defende também a redução da estrutura administrativa da Polícia Militar, a possibilidade do pagamento de horas extras e a valorização do policial de rua de forma a incentivar e fortalecer o combate ao crime. 



 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.